Bem Vindo à Guitanda!

Violão Stracquadaini 2011 CD/BR (VENDIDO)

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Esgotado

R$0,00

Descrição Rápida

(VENDIDO)


Ezequiel Stracquadaini 2011 - Usado

Violão Clássico

 

Condição: estrutural (5/5), estética (4,5/5)

Tampo: Cedro Canadense (maciço)

Fundo e laterais: Jacarandá Baiano (maciço)

Braço: Cedro Brasileiro, ajustável com parafuso

Escala: Ébano, elevada, 20 trastes

Formato do braço: “C”, suave e fino

Acabamento: Poliuretano Fosco

Rastilho e pestana: Osso (rastilho)/Ébano (pestana)



Cordas: clássicas (nylon, carbono, similares)

Comprimento de corda: 648 mm

Espaçamento de cordas pestana/rastilho: 43/54 mm

Tarraxas: Gotoh

Tensor: Não

Estojo: MBT (incluso)




* Selecione a opção "À vista: depósito, cheque, dinheiro" ao finalizar a compra, e o desconto será aplicado antes da confirmação de fechamento do pedido 


Diagonal

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

  • Frente
  • Diagonal
  • Lateral
  • Fundo
  • Diagonal fundo
  • Mão
  • Tarraxas Gotoh
  • Mão: costas
  • Roseta e cavalete
  • Detalhe: roseta e filetação
  • Detalhe: escala elevada
  • Detalhe: braço ajustável
  • Ambiente
  • Estojo MBT
  • Selo

Detalhes

Violão Clássico Ezequiel Stracquadaini 2011 SP/BR n.144:
(VENDIDO)
  
O luthier argentino Ezequiel Stracquadaini é um dos talentos mais reconhecidos de uma nova geração de luteria platina, no século 21. Radicado no Uruguay, seu trabalho segue uma linha de construção diversificada típica da nova escola argentina, com mistura de conceitos tradicionals e modernos (principalmente com influência de idéias da escola australiana). Se auto-definindo como um "construtor contemporâneo de guitarras", possui um trabalho caracterizado por potência, sonoridade encorpada e presente, e dedica-se a muita experimentação e pesquisa, a fim de produzir um instrumento concertista adequado aos dias atuais.
  
Este exemplar, praticamente novo, é um exemplo quintessencial do trabalho do Stracquadaini. Possui fundo abaulado estilo violoncello, braço parafusado ajustável (girando-se com uma chave no orificio na escala, muda-se o ângulo do braço e a altura das cordas), estrutura em treliça com fibra de carbono. As madeiras são de muito boa qualidade de corte, com o tampo de um cedro de veios retos, uniformes, alta densidade e corte bem radial, como se pode atestar pelas estruturas medulares (os rajados laterais) ao longo de toda a sua extensão. O fundo e laterais são de um jacarandá baiano de muita beleza, com corte radial e presença de brancal para gerar um destaque estético. A escala, de ébano, é elevada com 20 casas, e o braço de cedro brasileiro.
 
A sonoridade possui detalhes muito peculiares, com um timbre encorpado, grave, com boa presença de frequências graves e médias. Mas, longe de ser opaco, possui brilho e nitidez, com sonoridade aberta. É um timbre macio e definido ao mesmo tempo, seco e caloroso. Não embola, com seu timbre definido e penetrante, e com o fato do violão não ter praticamente sobra de harmônicos. Mas essa característica de timbre seco não impede que as notas se misturem bem, quando tocadas juntas, gerando acordes equilibrados e fluentes. A doçura do timbre também se deve ao ataque macio, que é definido mas sem ser espetado. Ele se segue de um decaimento lento, com o som sustentando bem, deixando o violão sonoro, com som pianístico. Esse ataque nítido e massa sonora se sustentando depois do ataque traz articulação, com boas possibilidades rítmicas, e também boas possibildiades melódicas pela sustentação. Tem o timbre com o calor do cedro, mas sequinho e filtrado, sem sobras. 
  
O equilíbrio é ótimo. Com a estrutura em treliça, em que as varetas do tampo se entrecruzam, as frequências e ressonâncias ficam sob controle, com todas as notas soando bem consistentes umas com as outras. Possui bom equilibrio vertical, entre cordas, com um pequeno favorecimento aos graves, mas sem encobrir as primas. Os graves são sedodos e presentes com corpo e percussão. As primas são projetadas e macias, com foco e corpo. Os dois extremos se equilibram, com graves com nitidez sem serem rasos, e primas com maciez sem serem apagadas. Todas as cordas possuem definição, maciez e um nivel proporcional de resposta. No aspecto horizontal, o equilíbrio é excelente. Todas as posições soam com consistência, tanto na potencia como na sustentação. O fato de não haver sobra de harmônicos ajuda a não gerar notas do lobo, que soam mais que as outras. Pelo contrário, o violão tem um aspecto quase pianístico nesse aspecto, com as notas em todas as casas soando bem equilibradas, inclusive cordas soltas com cordas presas. 
  
O volume é muito bom. Há massa sonora o suficiente para gerar impacto, com presença e som cheio. A projeção é boa, com nitidez na distância, o que é raro em cedro. A boa separação de notas e vozes pode ser explicada pela boa articulação e pelo fato de não haver embolamento de harmônicos. A resposta dinâmica é muito boa. Ele aguenta razoavelmente bem toques potentes e pancadas mais rítmicas de mão direita, gerando uma sonoridade forte e percussiva, no estilo da música platina, e produz pianos encorpados, com bom controle na variação entre os extremos. 
  
A resposta tímbrica tende mais à uniformidade. Tanto pelo fato da própria madeira (cedro) ter essa característica como pelo equilíbrio e sonoridade seca e sem sobra de harmônicos. É claro, há harmonicos ao se tocar as notas, dando brilho e contorno ao som. E se pode manipulá-los para uma pequena palheta de variação de timbre entre doce e metálico. Porém o instrumento realmente foi feito para soar uniformemente, propiciando grande facilidade de controle tímbrico e consistência em melodias e frases. 
  
A tocabilidade é muito boa. O braço é confortável, arredondado, mas de certa forma um misto entre abaulado e reto na parte de trás, permitindo bom apoio de polegar. É um formato de C, mas suavizado e com espessura fina, mas não fina demais a ponto de obrigar a mão esquerda a fica tensionada. O verniz fosco dá uma boa sensação tátil à mão esquerda, e a boa relação de tensão e ataque gera uma sensação firme e responsiva à mão direita. A ação das cordas é média, sem forçar a mao esquerda, e o espaçamento entre cordas parece bem confortável a ambas as mãos.
  
O verniz utilizado é poliuretano com acabamento fosco. Um verniz bastante utiizado em luteria, que propicia uma sonoridade mais compacta. A vantagem do PU (poliuretano) é a praticidade, sendo mais resistente à riscos, ao desgaste pelo suor e outros tipos de dano. A qualidade do acabamento do verniz é boa, com uma aplicação para não formar uma película muito grossa, e ajudar a disciplinar o cedro. O acabamento como um todo transmite modernidade mas com certa sobriedade. A modernidade pela escala elevada, braço ajustável e roseta de madeira natural. A sobridade pelo jogo de cores pastéis, sem exagero. 
 
Inclui estojo MBT, de fibra de vidro, e tarraxas japonesas Gotoh.
 
Conservação:
- estrutural: 5/5. Excelente estado, é um violão como novo, e de qualidade de construção soberba.
- estética: 4,5/5. Muito bom estado, com bem poucas marcas de unha no tampo somente. A aparência é de novo.
  
Resumo:
  
Pontos fortes: Timbre seco mas doce, muito versátil. Nitidez e características que o tornam rítmico e definido. Uniformidade que propicia consistencia. Potência.
  
Pontos fracos: É novo e precisa de mais amadurecimento para abrir o som. Não possui grande gama de variação de colorido tímbrico. Timbre grave e sedoso pode desagradar que busca sonoridade mais brilhante e cristalina.
  
Conclusão: É um instrumento muito funcional, com potência, bom timbre básico, graves profundos e sedosos que possibilitam uma base excelente à harmonia. A tocabilidade boa, e a nitidez ajudam também a ser um violão muito fácil de usar em palco. Recomendado para o repertório que requer imponência e som quente, com equilíbrio. Música do século 20, repertório nacionalista espanhol, brasileiro, e mesmo barroco pela nitidez e articulação. Também é muito bom para música popular instrumental. Música rítmica, música brasileira, valsas, choros, enfim, tudo que necessite de um som que mistura os acordes sem embolar, que dá boa definição rítmica e apresente maciez, equilibrio e nitidez. 

Informações Adicionais

Especificações Não

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.